quinta-feira, outubro 29, 2020
Home > Artigos > Receita está passando o “pente fino” nas declarações do IR 2016

Receita está passando o “pente fino” nas declarações do IR 2016

A Secretaria da Receita Federal está examinando com bastante atenção alguns fatos. Agora é preciso mais atenção, ainda mais que o Fisco está fiscalizando as redes sociais. Quem ostenta na Web e não declara no Imposto de Renda vai ter que se explicar.

A Receita Federal está passando o “pente fino” nos fatos abaixo:

  1. Bens patrimoniais que são OMITIDOS nas Declarações;
  2. Abertura de Microempresa com Capital que inexiste comprovação;
  3. Aquisição de bens sem Renda declarada;
  4. Viagens sem a devida cobertura patrimonial;
  5. Conta corrente bancária no Brasil
  6. Cartão de crédito nacional e internacional;
  7. Transações de bens móveis e imóveis;
  8. Doações;
  9. Movimentação em contas internacionais;
  10. Distribuição de lucros sem atendimento à Legislação Tributária;
  11. Serviços realizados através do sistema de Nota Fiscal Eletrônica;
  12. Empréstimos
  13. Antecipação de LUCROS;
  14. Despesas fantasiosas;
  15. Reincidência de abertura de empresa do Sistema Simples para fugir das obrigações tributárias;
  16. Compra de bens em nome da empresa sob USO de pessoa física;
  17. Indébito fiscal;

Os contribuintes têm até 29 de abril para entregar a declaração do IR. A multa pelo atraso na entrega vai de R$ 165,74 a R$ 20% do imposto devido. Deverá declarar o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91 em 2015, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis de mais de R$ 40 mil e bens de R$ 300 mil, ou receita de mais de R$ 140.619,55.

imposto de renda