segunda-feira, outubro 26, 2020
Home > Artigos > 5 pontos rápidos sobre controle financeiro

5 pontos rápidos sobre controle financeiro

Já parou para pensar sobre o controle financeiro da sua empresa? Suas finanças vão bem? Organizar e analisar é fundamental para o crescimento do seu negócio.

Muita empresa passa a vida lutando contra seus concorrentes. Mas várias delas lutam contra si mesmas, contra seu jeito precário de lidar com problemas, com a falta de cuidado com seus colaboradores, processos pouco eficientes e precificação sem embasamento, entre outras deficiências.

Muitos empresários, apesar de não fazerem a coisa certa, alegam que nem sabem o que precisariam mudar nem qual seria a melhor estratégia para se reorganizarem.

Como ponto de partida, esses empresários deveriam administrar suas empresas com simplicidade e firmeza. Quatro ou cinco folhas sulfites são suficientes para se ter um panorama da empresa e poder agir. Com elas dá para se ter a visão clara e transparente da real situação.

 

São estes relatórios abaixo que diagnosticarão se a empresa vai sobreviver ou não, se está saudável ou já precisando de uma intercorrência:

1- Demonstração de Resultados do Exercício (DRE): relatório que traz, de forma organizada, as receitas, as despesas e os resultados. Podemos analisar, por exemplo, qual o tamanho da folha salarial ou do aluguel em relação à receita e descobrir se estamos adequadamente bem estruturados.

2- Balancete: relatório que mostrará os bens (o que a empresa tem) e os deveres (o que a empresa deve).

3- Fluxo de Caixa: um bom exemplo é o extrato bancário, que traz o movimento de entradas, saídas, saldo do dia e saldo acumulado. Mas o extrato já é a fotografia do que foi o último mês. Imagina se você tiver esse extrato para os próximos 60 dias? E já puder planejar se vai investir algum recurso ou se deverá solicitar um empréstimo ao banco?

4- Cálculo de Custos e Precificação dos Produtos/Serviços: muito empresário cobra pelos seus produtos ou serviços baseando-se no preço da concorrência. Mas uma maneira bastante honesta, além de ter como referência o mercado, é ter o cálculo do custo de tudo o que se vende e de quanto se espera de margem de lucro.

5- Planejamento Orçamentário: esse relatório pode ser montado com a mesma estrutura do DRE. E projetado para os meses seguintes, até o último mês do ano. Mensalmente, confronta-se o orçado com o realizado, para observar e analisar as distorções daquilo que havia sido planejado.

Esses são alguns dos principais controles. E todos eles financeiros. A empresa deverá providenciar outras informações importantes para vendas, produção, estoque, entre outros, caso seja necessário.

gestão online, comercial, contábil, empresarial e industrial