sábado, outubro 24, 2020
Home > Artigos > 5 dicas para se planejar na crise

5 dicas para se planejar na crise

Ao contrário do que muitos dizem, planejamento não é só para quem vai abrir um negócio. Planejamento é para a vida toda, principalmente em tempos de crise. É ele quem garante que ações de sucesso aconteçam todos os dias.

O planejar envolve pesquisar, pensar nas estratégias, calcular riscos e definir qual será o próximo passo para alcançar um objetivo e, justamente por isso é fundamental colocá-lo em prática na rotina da sua empresa.

Planeje para corrigir

Analisando o seu negócio internamente, você poderá descobrir como otimizar o tempo de um funcionário ou obter bons resultados no marketing direcionando melhor suas campanhas.

Faça um estudo geral de mercado. Analise as tendências da sua concorrência e daquilo que é seu mercado em si. O mercado costuma seguir tendências específicas e é importantíssimo estar sempre por dentro do que acontece no setor.

Tempo é dinheiro – e custa caro

Calcular bem os custos é essencial para não ter prejuízos ou dores de cabeça depois. Um bom exemplo para isso é quando será feito um remanejamento de um funcionário. É preciso calcular a hora de trabalho dele, para que você não coloque um profissional mais caro em uma tarefa que poderia ser desempenhada por um estagiário.

Tenha metas, métricas e indicadores

A sua empresa, você e sua equipe dependem disso. Esses termos não devem ser aplicados somente quando o assunto é faturamento ou lucratividade, devem ser colocados em prática em todos os setores do seu negócio.

Ter controle total desses mecanismos possibilita entender melhor indicadores, por exemplo, o número de reclamações, que é uma métrica fácil de ser calculada. Implantando esse sistema você consegue avaliar o desempenho dos seus profissionais e a importância de algumas atitudes na experiência do consumidor.

Delegue e confie

Você não pode fazer tudo sozinho. É preciso dar poderes a outras pessoas. Lógico que sua presença é fundamental na sua empresa, mas as vezes é preciso dar atenção a pontos específicos e se você gerencia sua empresa sozinho a vista grossa não é suficiente. Você acaba deixando assuntos que merecem atenção de lado.

Veja a crise como oportunidade

Não devemos focar no problema e nem ficar focados na crise, mas utilizá-los como uma oportunidade. E essa oportunidade, muitas vezes, quer dizer inovação. Seja no atendimento, na forma de entrega, na exposição do marketing ou na busca de novos produtos para a empresa.

Use a crise financeira para desenvolver aspectos que precisem de melhora e adaptação e não para justificar problemas. Afinal, se não houver problemas, como vamos encontrar soluções?

economizar